23 de maio de 2007

"O Amor nos tempos de Cólera" de Gabriel García Márquez, é a história de um amor, mas não uma história qualquer, a paixão de Florentino Ariza por Fermina Daza é feita de um amor excessivo, total, que desafia os limites do corpo, as convenções sociais e até o próprio tempo.

Aqui neste "Amor nos tempos de cólera" vou escrever sobre outro amor excessivo, total e que desafia todos os limites do corpo e convenções sociais e até o próprio tempo que é o amor por um filho lindo, o Pedro, que tem Trissomia21.

Além de servir como um exercício meu para clarificação de ideias, espero que sirva também para partilhar e trocar experiências.